Entrou em vigor a nova lei que actualiza o preço pago por cada folha preenchida pelas autoridades em caso de deslocação a acidentes, em que o antigo preço era de 4 cêntimos por folha, e passa a ser 10 euros por folha. Para o caso de acidentes, o relatório é de 6 folhas, perfazendo então o preço de 60 euros.

Esta medida visa desmotivar os automobilistas solicitar os serviços (já pagos pelos seus próprios impostos) das autoridades em caso de acidente, uma vez que já se tornaram públicas as dificuldades em que o Governo atravessa para manter a sustentabilidade da Polícia.

É caso para dizer que vai sair de moda aquela canção (Chamem a Polícia) dos “Trabalhadores do Comércio”.