O preço da gasolina em Portugal subirá na próxima semana e poderá ser dois cêntimos por litro, e este preço nunca foi tão caro.

Nos postos dos Mosqueteiros  “a tendência da próxima semana será para uma descida do gasóleo na ordem dos 0,007€ e de uma subida de 0,0156€ na gasolina”, disse ao jornal Económico uma fonte da empresa.

Outras fontes do sector sondadas pelo jornal Económico apontaram para o mesmo sentido na evolução dos preços, no entanto, algumas das petrolíferas a operar em Portugal admitem que o aumento da gasolina pode mesma ultrapassar os dois cêntimos por litro.

Gasolina sobe para novo máximo na próxima semana

Os preços praticados pelas gasolineiras têm como base a cotação média da gasolina e do gasóleo nos mercados internacionais na semana que passou. Tendo em conta que, segundo dados da Bloomberg, a gasolina teve uma subida de 6,15%, o preço deste combustível deve subir em força a partir de segunda-feira. De salientar que este é o maior aumento das cotações de mercado – para a gasolina – desde Abril do ano 2011. E que esta subida levou a tonelada métrica do combustível para o valor mais alto de sempre.

Por outro lado, a cotação média do ‘diesel’ desceu 0,50%, indicando dois cenários possíveis: ou os preços descem ligeiramente ou ficam inalterados.

O preço de referência do litro de gasolina em Portugal é actualmente de 1,741 euros enquanto o do gasóleo vale 1,521 euros. Em qualquer dos casos trata-se de preços de referência, ou seja, na prática os portugueses estão a pagar valores mais elevados para alimentar os seus automóveis a gasolina e/ou a gasóleo. Na auto-estrada, por exemplo, a gasolina já custa 1,779 euros, enquanto o gasóleo vale 1,569 euros.

Contas feitas e em 2012 os preços da gasolina e do gasóleo em Portugal já encareceram 15 cêntimos e 7 cêntimos por litro, respectivamente. O último relatório da Comissão Europeia mostra que Portugal tem dos combustíveis mais caros entre os 27 Estados-Membros, antes e depois de impostos.

Fonte: http://economico.sapo.pt/noticias/gasolina-sobe-para-novo-maximo-na-proxima-semana_141564.html