Em comunicado oficial, a empresa dona da marca, a Swedish Automobile N.V. (Swan), anunciou que a Saab Automobile AB (Saab Automobile), Saab Automobile Tools AB e Saab Powertrain AB declararam falência, esta manhã, junto do Tribunal de Vänersborg, na Suécia.

Após ter conhecido a posição da GM a propósito da potencial aquisição da Saab Automobile, a Youngman informou a Saab Automobile que o processo de financiamento para concluir a reorganização da marca sueca não pode ser concluído. Desta forma e sem financiamento adicional, a administração actual decidiu que a melhor decisão é a declaração de insolvência, concluindo, assim, que o pedido de falência é a melhor opção para os seus credores. A Swan não espera obter qualquer valor das suas acções da Saab Automobile e vai amortizar completamente a sua participação na Saab Automobile.

A decisão em tribunal desta segunda-feira colocou um ponto final numa longa saga, que culminou com a falência da marca sueca.