Como é do conhecimento geral, o Governo tenciona portajar diversos iterários SCUT a partir do próximo dia 1 Julho, mas no entanto ainda restam bastantes dúvidas relativamente ao modo como irão ser cobradas essas utilizações. Inicialmente falava-se que iria ser o chip da matrícula , depois passou a ser um dispositivo electrónico de matrícula , mas o que é certo é que ainda ninguém sabe ao certo onde comprar o DEM nem como colocar o dispositivo electrónico de matrícula a funcionar. Aconselhamos a ver este site na Internet …

 O que apenas se sabe, é que as SCUT A28 , A29 , e A41 já se encontram equipadas para iniciarem a cobrança pela utilização, mas apesar de tudo o Governo manifesta-se disponível para esclarecer todas as dúvidas deste projecto que visa angariar milhões de euros para equilibrar as contas públicas. De facto, é certo e sabido que os milhares de automóveis que necessitam obrigatoriamente de passar nesses troços acabam por encher bem os cofres do Estado. A crise está aí à solta para todos, e este passo só irá individar ainda mais os portugueses.

Existe sempre a alternativa de circular pelas estradas nacionais, mas o que não perdemos em dinheiro, acabamos por perder em tempo. Ou seja, o tempo que pouparíamos na circulação pela SCUT, vamos acabar por gastar mais tempo a circular pelas estradas nacionais .  A única esperança agora é esperar pela divulgação da revogação das portagens nas SCUT, ou então esperar que surjam isenções na utilização de algumas portagens para residentes perto das saídas das SCUT.

Estas e outras mais informações encontram-se disponíveis no site http://www.dispositivoelectronicodematricula.com