Home » TNT

TNT

História desde 2001 até hoje:

Muita gente questiona-se…
– Como nasceu o TNT Tuning Club?  E o porquê do site oficial do TNT Tuning Club ser Xtremetuning.org?  Se o clube chama-se TNT, porquê é que o logo é 1 automóvel e não 1 dinamite?
Apartir de agora todas essas perguntas têm resposta nesta página. Aqui fica a história resumida com os pontos mais importantes da vida do TNT Tuning Club, desde a ideia da sua criação em 2001 até os dias de hoje.

2001 ” TNT Tuning Club … como tudo começou ”

Naqueles tempos, em 2001, já existiam diversos clubes de tuning dispersos por Portugal, conhecidos pelas inúmeras simples preparações de automóveis tuning. Mas não existia nenhum clube tuning de relevo na zona Porto/Gondomar.

Tinha chegado o Verão… altura da concentração tuning em Santarém, conhecida na altura pela sua enorme adesão de participantes e visitantes. Quatro jovens de Gondomar rumaram a essa concentração, eram eles Hugo Durães (Flateric) , João Durães (Eddie Gordo) , Mário Baltazar (Toxic) e Ricardo Peixoto (Ruca) que residiam na mesma rua,e desde crianças que andavam com a paixão pelo tuning. Em conjunto, como hobby, tinham criado um site com design muito humilde , site com o nome Xtremetuning .

Aproveitaram a presença na concentração tuning Santarém 2001 para promoverem o site, dado que na altura seria 1 boa aposta para divulgação.

Distribuiram centenas de cartões-visita de promoção ao site, colocando-os nos automóveis modificados que estavam estacionados na concentração… essa acção acabou por mudar o rumo da história … um cartão foi colocado num automóvel modificado, Ford Fiesta, que pertencia ao Ricardo Miranda (STINGER_ ) .

Esse cartão foi guardado… dias posteriores na Internet, Ricardo Miranda (STINGER_ ) encontrou Eddie Gordo e comunicou que tinha encontrado 1 cartão do site Xtremetuning no seu Ford Fiesta… conversa puxa conversa, ficaram a saber que todos residiam mais ou menos na mesma área (Maia e Gondomar).

A ideia de criar 1 club de tuning veio do Ricardo Miranda (STINGER_ ) , ideia apoiada pelo Hugo Durães (Flateric), João Durães (Eddie), Mário Baltazar (Toxic) e Ricardo Peixoto (Ruca). Seria criado 1 clube com o intuito de viajar toda gente junta rumo ás concentrações. Não era bem a ideia de criar 1 clube de tuning, mas sim uma ideia de criar um pequeno grupo de amigos de verdadeira amizade, para participarem em concentrações, tomarem café nos bares em Leça, fazer corridas de karts, etc.Após vários nomes possíveis, e decidido por unanimidade seleccionou-se o nome “TNT Tuning Club”.

A estrutura do clube, ideias, projectos, e definição de administrar o clube foi planeado entre Ricardo Miranda (STINGER_ ) e Hugo Durães, durante a breve estadia de Ricardo Miranda (STINGER_ ) em Inglaterra de 29 Outubro a 21 Dezembro 2001.

2002  ” O 1º dia ”

Após o regresso de Ricardo Miranda (STINGER_ ) para Portugal, realizou-se aquele que é o eterno memorável 1º Encontro TNT Tuning Club em Janeiro 2002 , que teve lugar na Maia, junto ao Jumbo/Mc Donalds, com a presença de 7 pessoas , Ricardo Miranda ( STINGER_ ) , Carla Araujo (MC) , Hugo Durães (Flateric) , João Durães (Eddie Gordo) , Mário Baltazar (Toxic), Ana, e Nuno M. Mendes (NMM) e 4 automóveis (Ford Fiesta Ricardo Miranda (STINGER_ ), Ford Fiesta Nuno Mendes NMM, Ford Escort Toxic, e Toyota Corolla Flateric) .

Ali nasceu oficialmente o TNT Tuning Club, pequeno grupo de 7 amigos, com 4 ou 5 carros modificados, e 1 website tuning muito modesto, mas igualmente muito promissor.

O pequeno grupo de amigos, e o seu bom ambiente de amizade facilmente se fez conhecido de Norte a Sul de Portugal, que muito rapidamente se associaram ao clube mais algumas pessoas (amigos e sócios do clube) desde Ponte de Lima, Braga, Famalicão, Povoa de Varzim, Porto, Gaia, Leiria, Coimbra, Santarém, Lisboa, Setúbal, Algarve e até mesmo Ilhas da Madeira, para não falar em outros países, tais como Espanha, Inglaterra, e Macau (para mencionar apenas alguns exemplos).

Um pequeno grupo de amigos em Gondomar que aumentou para além do que se imaginava.

No mesmo ano, 3 meses depois, em Abril houve 1 mini-encontro do clube, juntamente com o Xtreme Tuning Club (Barcelos), em que nada estava relacionado com o site oficial do TNT (Xtremetuning), mas estava relacionado com o TNT por meio de grandes amizades entre as pessoas intervenientes de ambos os clubes. Para o TNT, o clube Xtreme Tuning Club de Barcelos simbolizava um clube que gostaríamos que fossemos 1 dia, TNT tinha admiração pela força e dimensão dessa comunidade. TNT era simplesmente 1 pequeno clube recentemente criado, com ambição em crescer.

Esse momento na história nunca será esquecido, pois a determinação e energia que existe actualmente no TNT veio da admiração por esse excelente clube, que infelizmente já não existe. Mal sonhavamos nós no ano 2002 que pouco tempo depois do encontro, o Xtreme Tuning Club iria acabar por desaparecer, e  anos depois o TNT Tuning Club seria uma referência tuning nacional, em que muitas entidades e organizações de eventos começaram a considerar o TNT Tuning Club como sendo um dos melhores clubes tuning a nível nacional.

Na época do Verão, o TNT apostou bastante nas concentrações, a promover o clube com a ajuda de impressões de cartão-visita, e fotocópias dos mesmos, colocados em carros expostos em concentrações. Inclusive chegaram a existir umas espécies de panfletos, pois eram trabalhos simples e muito humildes, o clube não tinha apoio financeiro. Era tudo feito com a paixão e dedicação da Direcção pelo clube.

E para promover o clube na Internet, o TNT Tuning Club contou com a ajuda do site Xtremetuning, da autoria de Hugo Durães. Na altura, a bem dizer o TNT era 1 club com pouca divulgação, e o site Xtremetuning já contava com algum sucesso.

Foi com esta parceria de ajuda recíproca em que com o TNT, o site ganhava mais visitantes e participantes, e o clube teria mais publicidade, mais participantes, e divulgação graças ao site Xtremetuning, que sendo assim desta forma, o site oficial passou a ser para sempre ” Xtremetuning ” por questão de gratidão de ambas as partes. Afinal, hoje em dia grande parte do sucesso do TNT Tuning Club deve-se ao site Xtremetuning.

Criou-se o 1º logo do club, com base na imagem de dinamite em forma de cartoon.

Foram criadas as 1ªs Tshirts oficiais TNT , modelo de t-shirt que nas costas estava um desenho tuning virtual criado por Maurício Martins (Mauro Mars).

Em Agosto, realizou-se o 1º Acampamento TNT Tuning Club , no Parque Natural do Gerês, durante 3 dias, com visita á Barragem e á aldeia Vilarinho das Furnas que se encontra em ruínas e submersa pelas águas do rio.

Em Novembro, realizou-se a 1ª Partida de Karts TNT no Kart Center de Matosinhos, com a presença de cerca de 30 pessoas.

Nos finais do ano 2002 , o grupo de trabalho TNT reuniu esforços e juntaram dinheiro dos próprios bolsos dos membros da Direcção TNT, e aventuraram-se na 1ª presença oficial perante público, afirmando-se como um club de tuning que marca a diferença:
– aluguer de 1 espaço na exposição MULTI CASAS 2002 , que decorreu em Gondomar em finais 2002.

E como prova que TNT realmente marcava a diferença, o TNT Tuning Club teve o prazer de contar com a presença do Presidente da Camara Municipal de Gondomar (Sr Major Valentim Loureiro) no pequeno, simples e humilde, mas muito especial Stand TNT Tuning Club.

Com este sucesso, foi então que surgiu a primeira “explosão” de novos sócios a entrar no TNT Tuning Club.

Na concentração tuning de Fafe, em Dezembro, TNT Tuning Club ganhou a 1ª taça de “clube mais numeroso” com cerca de 15 carros.

2003 ” Desenvolvimento ”
O clube tinha crescido imenso, e tinha chegado ao seu 1º aniversário.

Realizou-se o 1º Aniversário do club com encontro nacional em Coimbra e contou com mais de 50 automóveis e cerca de 70 pessoas no restaurante “Convento” no centro de Coimbra, junto ao rio. A foto-familia ficará para a história devido á presença de pessoas de diversos pontos do país.

No Carnaval 2003 , os membros da Direcção resolveram participar nas festas carnavalescas da Povoa de Varzim, com roupas adequadas á festa e respectivas mascaras de Carnaval de acordo com o seu disfarce.

Na necessidade de subir mais 1 degrau no sucesso, TNT Tuning Club decidiu legalizar o club, nomeando várias pessoas para diversos cargos obrigatórios para efeitos legais. Foram nomeados alguns nomes para cargos na Direcção original, tais como Ricardo Miranda (STINGER_ ) para Presidente, Ricardo Santos (Polo) para Vice Presidente, e mais pessoas para outros cargos tais como Maurício Martins (Mauro Mars), Mário Baltazar (Toxic), Baltazar Lima (Mano), António Carvalho (Gsmlocks), Ricardo Peixoto (Ruca), Hugo Durães (Flateric), etc.

Existia o projecto de um dia organizar-se uma concentração tuning, mas houve alguns obstáculos e burocracias no processo. Uma das razões mais importantes para a não-realização baseou-se na subestimação da parte das entidades competentes para com o TNT Tuning Club.

Em Março 2003, o TNT foi “dinamitar” a Serra da Estrela, houve de tudo, desde corridas na neve, guerra de bolas de neve, quedas na neve, passeio, almoço, boa disposição, muita diversão.

Nas concentrações de tuning desse ano, já se ouvia falar bastante no novo clube TNT que apostava nas provas de aceleração, nas classes diesel 1.7 Turbo diesel, e classes 1400 / 1800 / 2000 4×4 Gasolina.

Em Junho, realizou-se 1 picnic na zona de Leiria, infelizmente não existem fotos, mas foram momentos de muita diversão e boa disposição, como já é habitual acontecer em todos eventos organizados pelo TNT Tuning Club.

No Verão, o TNT contou com o apoio de 1 mini-stand na concentração de Santarém, que infelizmente não teve sucesso devido á falta de tempo de preparação. Este fracasso fez a Direcção questionar-se entre si da recente falta de colaboração dentro do club.

Desde o ano anterior, a Direcção do clube realizava-se reuniões semanalmente ou mensalmente, para se debater assuntos de trabalho relacionadas com o clube, nomeadamente organizar inscrições de sócios do club, merchandising, planear encontros, etc… infelizmente, uma destas reuniões terminou da pior forma, num quase-confronto fisico entre 2 membros da Direcção… e partir deste ponto iniciou-se uma espécie de desintegração da formação da Direcção original.

Foi distribuído o 2º modelo das tshirts oficiais TNT , com logótipos de patrocinadores na parte frontal, e o surgimento da publicidade ao club em tapa-matriculas.

Em Agosto, houve 1 mini-encontro em férias por parte de alguns membros TNT Tuning Club no Algarve Tuning Show , em Portimão.

Nos finais do ano 2003 , TNT Tuning Club participou num Dyno Day realizado na antiga Mastertuning (Castêlo da Maia , Maia) , em que os destaques das medições nos carros TNT se basearam nas potências do Mitsubishi Evolution 5 de Baltazar Lima e do Ford Fiesta Ricardo Miranda (STINGER_ ) .

Também nos finais de 2003, a convite da Rádio Central FM para o TNT Tuning Club, Ricardo Miranda (STINGER_ ) , Mário Baltazar, e João Durães aceitaram o convite da rádio e deslocaram-se até Leiria para representaram o clube, estiveram presentes numa entrevista em directo na Rádio Central FM , no programa “100% Tuning” em que se debateram diversos temas na defesa das leis pelo tuning, entre outros assuntos. Inicialmente estava programado ser um programa de 60 minutos, mas extendeu-se por mais 30 minutos, totalizando 90 minutos de antena em directo.

Em Dezembro 2003, realizou-se 1 Almoço de Natal TNT no Hospital Psiquiátrico do Porto afim de ajudar angariar receitas para o Hospital e proporcionar 1 dia diferente aos doentes alojados nessa instituição. No final do almoço foram sorteados alguns prémios entre os participantes do almoço.

2004 ” TNT além fronteiras ”
Foi no ano 2004 que o TNT se divulgou com destaque, com participações em concentrações espanholas, e destaques nas revistas espanholas Flash Tuning. A fama do clube chegara ao país vizinho.

Realizou-se o 2º aniversário TNT Tuning Club, com encontro tuning em Gondomar e almoço na Churrasqueira Portuguesa, na Maia. Após o almoço, os participantes do evento deslocaram-se até o parque do Padrão de Moreira.

Em Julho de 2004, TNT Tuning Club recebeu convite das entidades organizadoras do “Hot Tuning Night” a realizar-se no Caís de Gaia, num sábado á noite. A representação do clube na altura ficou ao cargo do Ford Fiesta Ricardo Miranda (STINGER_ ) e Honda Delsol do Paulo Sérgio. Foi uma noite de convívio e conversa entre diversos membros de alguns clubes, tais como por exemplo Tuning Online e GTA- Grupo Tuning de Alfena, dois (ex)clubes que o TNT Tuning Club tinha imenso respeito, amizade e consideração.

Novembro 2004 realizou-se outra partida Karts TNT no Kartcenter de Matosinhos, que teve boa adesão de participantes, quer do TNT Tuning Club como também de amigos e simpatizantes do club.

A meio do ano 2004, na Direcção original, começou-se a notar alguma desmotivação e desinteresse no desenvolvimento de trabalhos pelo clube, colocando-se a hipótese de finalizar a existência do TNT Tuning Club. Hipótese essa que foi excluída após longas horas de conversação entre os últimos membros da Direcção original em actividade (Ricardo Miranda (STINGER_ ) , Hugo Durães, Ricardo Peixoto, Mário Baltazar).

Criação do 2º logo do clube , por Ricardo Santos (vice presidente), em que o logo original da dinamite deixou de existir, passando a ser um logo baseado nas linhas de um automóvel. As opiniões ficaram divididas devido á paixão pelo logótipo original da dinamite sair de circulação.

2005 ” Ano de mudanças ”
O ano 2005 ficou marcado pelas inúmeras alterações no clube… desde desistências de sócios, passando pelas fracas presenças nas concentrações, terminando na diminuição de colaboradores pela Direcção do clube, ficando para o fim apenas Ricardo Miranda (STINGER_ ) (presidente TNT) e Hugo Durães (Tesoureiro e administrador do site/fórum TNT).

No inicio do ano,  houve 1 excelente encontro TNT na Figueira da Foz com bastante adesão de participantes. Foi realizado na Praia das Gaivotas, num dia nublado, mas sem chuva, facto que agradou todos os presentes no encontro.

Em Março 2005 realizou-se 1 evento muito divertido , Paintball TNT no velho Sanatório abandonado em Fânzeres (Gondomar). Tratou-se de 1 iniciativa diferente dos eventos habituais do clube, e com muita diversão á mistura. Curiosamente no 1º nível do Paintball, as primeiras “vitimas” a serem eliminadas do jogo foram os fundadores do clube, tais como Ricardo Miranda (STINGER_ ) , Hugo Durães e Mário Baltazar.

Criou-se o 3º modelo oficial de tshirts TNT Tuning Club em Abril, com nova cor em preto.

Em 2005 foi o pior ano em participações nos eventos tuning, em que a maioria dos eventos contava com 1 péssima média de participantes do clube. Apenas na área de Leiria se notava mais união e dedicação pelos eventos tuning, facto esse que fez crescer bastante o numero de adeptos pelo TNT Tuning Club.

Pela altura de Julho/Agosto, devido á desistência dos colaboradores na Direcção ao longo do tempo, e por falta de tempo para o club, Hugo Durães resigna o seu cargo na Direcção, dedicando-se apenas ao site/fórum, e Ricardo Miranda (STINGER_ ) decidiu colocar termo ao seu estatuto de Presidente do clube visto que o grupo de trabalho estava desformado, passando a oportunidade para quem desejasse continuar as responsabilidades á altura do anterior desempenho da Direcção do TNT Tuning Club. Aqui ficou registado o fim da formação da Direcção original do clube.

Foi então que Jorge Carvalho e Raquel Santos avançaram para a administração do clube, com ajuda de Hugo Amaral (Ryce), Marco Aurélio , Fátima Sargento, Carla Oliveira, e mais elementos, para constituir uma nova Direcção do TNT Tuning Club liderada pelo novo Presidente Jorge Carvalho (Joe), com o intuito de manter o mesmo nível de trabalho e organização do clube. Tratou-se de 1 reestruturação na formação da Direcção, com a promessa de seguirem o caminho e realizar o mesmo alto nível de trabalho anteriormente desenvolvido  pela Direcção original.

Jorge Carvalho, como novo Presidente, foi o motor do grande desenvolvimento que o clube obteve neste ano. Com a sua entrada como Presidente, associou grande parte de adeptos de automóveis residentes em Vila do Conde e arredores. A somar a isto, conseguiu aproximar amizades entre Bypower e a revista Maxi Tuning para com o TNT Tuning Club.

Em Outubro 2005 , realizou-se um mega encontro nacional TNT em Leiria, que contou com a presença do reporter da revista Maxi Tuning, afim de posteriormente publicarem a respectiva reportagem e algumas fotos na revista Maxi Tuning sobre o TNT Tuning Club. Desde o Estádio de Leiria, e terminando no Castelo de Leiria, foram excelentes momentos de diversão. Ficou registada a imagem das letras TNT criadas por automóveis estacionados no parque do Estádio de Leiria.

O ano 2005 ficou registado também pela mudança de administrador do site/forum TNT,  em que Hugo Durães atravessando 1 fase em que necessitava todo tempo possível para se dedicar aos seus assuntos pessoais/profissionais, passou a responsabilidade do site/fórum TNT para o Ricardo Miranda (STINGER_ ) . Esta alteração de administração site/fórum TNT, trouxe diversas novidades no fórum TNT, e a promessa dum novo site TNT mais dinâmico num futuro a médio prazo.

Para terminar o ano 2005 em beleza, TNT Tuning Club teve 1 stand no Braga Inverno Tuning Show, realizado dentro das instalações do Estádio de Braga, em que arrecadou 7 TOP’s (2 TOP 50,1 TOP 30,TOP CLUBE,1º lugar SPL +3subs,1º lugar SQ -500w e 1º lugar Aceleração 4×4).

2006 ” Superioridade ”
Eis um ano com desenvolvimento, novas ideias, nova organização.

Começou logo em Janeiro, novo passeio á Serra da Estrela com participação esmagadora da Delegação de Leiria e Vila do Conde.

Pouco depois, em Fevereiro, com a reportagem fotográfica para a Magik Tuning, incluindo entrevista ao presidente Jorge Carvalho (Joe) , administrador site/fórum Ricardo Miranda (STINGER_ ) , e Nuno Santos (Tchaina), posteriormente publicada numa edição da revista.

Pouco depois, em Março, TNT Tuning Club esteve presente na exposição SITCA na Exponor (Porto) , com 1 magnifico stand, com diversas imagens do clube, exposição de 2 viaturas pré-selecionadas, Ford Escort Mk2 (restauro) e Ford Fiesta (tuning), e ainda com a comercialização de merchandise oficial do club.

Em Abril/Maio, TNT Tuning Club largou os serviços prestados pela empresa nacional PTisp no alojamento do site e fórum desde 2001, passando agora a ter parceria com a equipa Oceânica Design , na vantagem de presentemente ter total manutenção sem custos no alojamento do site e fórum TNT.

No Verão, mega-presença na Tunauto 2006 , em Santarém, e no Braga Tuning Show, sendo os 2 melhores eventos tuning a nível nacional.

Durante este ano 2006, notou-se 1 grande renascimento nos encontros semanais do clube, nos focos principais de Leiria, Lisboa, Figueira da Foz, Gondomar e Vila do Conde.

Pela altura de Setembro, inovação nos encontros semanais de Gondomar , que além da tradição com 8 anos de serem realizados aos Domingo de manhã , também passaram a ser realizados aos Sábados á noite, com imensos momentos de diversão, bom humor e churrasco.

Leiria também passa por 1 boa fase de participação e desenvolvimento, com realização de encontros semanais nas Galerias Jardins do Lis, e parque de skates.

Na dia 31 Outubro, ficou online uma nova versão do site, sendo um projecto com alguns meses, com a promessa de lançar o clube para 1 nível mais alto em qualidade e divulgação do mesmo.

Realizou-se mais 1 Encontro Nacional do TNT , começando pelo Porto e terminando em Gondomar.

Em Dezembro, participação num evento de extrema qualidade, Braga Inverno Tuning Show 2006, em que constou 1 stand para divulgação do clube. Aproveitou-se o momento para 1 jantar entre os sócios presentes e Direcção , para debate de alguns assuntos importantes do clube.

2007 “Apostar no futuro”
O novo ano 2007 começou de boa forma, com a grandiosa comemoração do 5º aniversário TNT na Serra da Estrela.

Março 2007, o clube contou com 1 stand na 2º Salão Internacional de Tuning e Car Áudio, evento que premiou o TNT com 4 TOP 100 (Marco Bettencourt, Hugo Amaral, Nelson, e Jorge Carvalho). Nesse mesmo fim de semana, houve uma Assembleia para troca de cargos e nova equipa de trabalho liderada pelo novo Presidente do clube, Marco Bettencourt.

No mesmo ano, começaram a surgir umas divergências dos sócios recentes para com os sócios antigos. A nova mentalidade do clube não era a mesma mentalidade que tinha dado sucesso ao clube. O uso de palavrões, abuso das bebidas alcoólicas, e outras atitudes menos educadas começavam a ser uma prática corrente, para o desgosto dos sócios antigos, dos amigos do clube, das empresas associadas ao TNT Tuning Club, resumidamente para praticamente quem tinha conhecimento desses actos.

Sócios antigos começaram a demonstrar o seu desagrado e descontentamento perante estas novas atitudes, e para surpresa de todos envolvidos, os elementos da Direcção se manifestaram a favor e apoiar aqueles comportamentos de gosto duvidoso. Não fazia sentido, a imagem TNT não era a mesma imagem de antigamente. O ambiente foi degradando-se ao ponto do clube estar dividido entre a “velha guarda”, e os novos elementos estavam a deluzir o clube. Inclusive, chegou ao ponto destes elementos tentarem apoderarem-se do Fórum, mediante desobediência e desrespeito ao administrador do Fórum, chegando ao ponto de ditarem as suas próprias regras, elaborarem votações por sua iniciativa com a votação já pré-definida, incentivarem o uso de palavrões, etc.

2008 “Regressar ás raizes”

Os 3 primeiros meses do ano 2008 foram muito controversos.  Durante estes 3 meses, os antigos sócios sentiam um tipo de mágoa em verem o seu árduo trabalho de 7 anos ser constantemente “deitado ao lixo” , graças á “diversão” dos outros elementos mais recentes. Era a continuação dum problema que iria acabar por destruir a boa imagem do TNT Tuning Club. Aquilo que em tempos era uma comunidade tuning, estava a ser palco vergonhoso onde reinavam palavrões, bebidas alcoólicas, festas e borgas, etc. De tuning, pouco ou nada tinha.

Para salvaguardar a imagem do clube, os sócios antigos reuniram-se para registarem a marca do TNT Tuning Club, porque previa-se o que iria acontecer: abuso do poder do Presidente na altura, em que este apadrinhava alguns elementos da sua Direcção no uso de atitudes condenáveis e vergonhosos.

Ao saber do sucedido desde o 1º dia, o Presidente manteve-se em silêncio, e iniciou uma conspiração contra a maioria dos sócios, em vez de apoiar a iniciativa, visto que iria beneficiar a comunidade em geral. Além disso, os seus membros da Direcção que possuíam vastos conhecimentos informáticos, atentaram contra um dos maiores bens do clube: o Fórum TNT (Xtremetuning).

Assim sendo, de forma ilícita efectuaram uma sabotagem ao Fórum TNT, acusaram o administrador Ricardo Miranda de que teria sido ele a sabotar o fórum, espalharam diversas acusações em diversos sites e fóruns, a relatar o sucedido e quem tinha sido o pressuposto culpado. Insinuavam ter provas desta acção, e inclusive afirmavam saber como tinha sido. É natural que soubessem, afinal tinham sido os autores da inactividade do fórum, como se veio a verificar mais tarde.

Contudo, como diz o ditado ” o peixe morre pela boca ” , os elementos desordeiros acabaram por se descuidarem ao confessarem que tinham ultrapassado a segurança do Fórum, e os métodos que utilizaram (infiltração na base de dados do Fórum TNT, e roubo da password do administrador) . Estas confissões foram associadas á sabotagem. Anteriormente, nas acusações afirmaram o que tinha sido feito, levando a crer que tudo sido desenvolvido por eles.

Ao 10º dia após a inactividade do Fórum (que tinha sido resolvida no dia seguinte) , por consequência de todos estes problemas, e apercebendo-se do erro grave que cometeram, uma certa quantidade de sócios que tinham elaborado este problema e seus cúmplices, influenciaram outros sócios TNT de que possuíam a verdade, e que seria altura de formarem um novo clube, um clube de “nova vida”.

E para fundamentar ainda mais tudo isto, os sócios que estavam de saída e ex-direcção reteram consigo ilegalmente diversos documentos oficiais do TNT Tuning Club, assim como também uma vasta verba monetária (nunca devolvida até hoje), utilizados para a construcção rápida desse novo clube. Mas como se ainda não bastasse, ainda tentaram destabilizar o TNT Tuning Club, influenciando negativamente pessoas e tentaram com provocações e desacatos, provando 1 vez mais a má atitude dos ex-sócios que estavam de saída.

Com o desenrolar da história, o TNT Tuning Club com a sua dignidade e humildade ergueu-se vencedor frente a este desafio.

Apartir de 18º Março 2008, o TNT Tuning Club iniciou a caminhada para superar um dos maiores problemas que teve na vida.

No entanto não foi altura para desmotivar. Havia muito trabalho a fazer. A começar por reestruturar o clube, eleger novo Presidente, nova Direcção. Reformular equipas no Fórum. Unir sócios.

Surgiu a satisfação de praticamente toda gente em saber que o clube não iria morrer só porque se dividiu em algumas partes. Problemas existem em todo lado, em todos clubes, e no TNT não foi excepção. No entanto, sempre houve a humildade em reconhecer que existem problemas, e tentar encontrar a melhor maneira de os resolver. E muita gente se demonstrou motivada para melhorar o clube.

TNT Tuning Club tinha acabado de superar o seu maior desafio, mérito de todos aqueles que tinham fé em lutar por esta causa. Em consideração á união de todos aqueles que tinham fé de que a imagem do clube iria mudar, que possuíam fé de que tudo voltaria aos tempos antigos e esquecer esta fase mais “negra”, foi dedicado o título “Santa Fé” á nova versão do site Xtremetuning, disponível na Internet apartir de Dezembro 2008.

2009 “Novos projectos”

Este ano, o TNT Tuning Club está orientado para concretização de novos projectos.