Todos assistimos à crise financeira que paira sobre a Europa, atingindo fortemente o nosso pequeno país lusitano. O desemprego aumentou, e o emprego forçou os trabalhadores passarem a ganhar o mínimo (475 euros) , aboliram as horas extras , patrões exigem os despedimentos fáceis para flexibilizar as empresas, entre outros motivos que só servem para enriquecer quem está rico, e empobrecer quem é trabalhador pobre. As provas saltam á vista, Portugal em crise mas AUMENTARAM as vendas dos carros de luxoRelatos dão conta que marcas como a Porsche festejam o fim do ano 2010 com as vendas aumentadas em 88% .  Aliás, as sete marcas luxuosas em Portugal representadas pela Porsche, Jaguar, Ferrari, Aston Martin, Lamborghini, Bentley e Maseratti sentiram um aumento de vendas na casa dos 50% para um total de 785 unidades, de acordo com os números da Associação Automóvel de Portugal referentes a 2010.
Neste período, a Porsche vendeu mais 220 veículos do que 2009, o que representa uma subida de 88,4%, para um total de 469 carros vendidos.
Em seguida, a Jaguar, que em 2010 comercializou 258 veículos, mais 63 do que em 2009. Incluindo a Lamborghini , em que aumentou o número de veículos vendidos de quatro para seis, o que representa um aumento de 50% face a 2009.
As restantes quatro marcas viram o número de veículos vendidos cair em 2010. A Ferrari vendeu menos oito veículos do que em 2009, a Aston Martin menos cinco, a Bentley menos sete e a Maserati menos três.